Mulher do ES não consegue auxílio por constar no sistema como 'presidente da República' - 2 de Julho Noticias - A notícia ao seu alcance // //]]> // //]]>

Últimas Noticias

Home Top Ad

Post Top Ad



08 maio 2020

Mulher do ES não consegue auxílio por constar no sistema como 'presidente da República'


A moradora de Vila Velha (ES), Adeyula Rodrigues, 31 anos, não conseguiu a aprovação do seu benefício do auxílio emergencial do governo federal de R$ 600 por constar em sua carteira digital do trabalho que tem dois empregos ativos e um deles é o de 'presidente da República'. A informação foi divulgada pelo jornal A Gazeta, do Espírito Santo.

De acordo com a publicação, o emprego seria na Secretaria de Educação do estado. No outro vínculo, consta que ela é auxiliar de secretaria pela Prefeitura de Vila Velha (ES), o que também não procede.

Adeyula trabalhou em Secretaria de Educação até agosto do ano passado como cuidadora infantil.

O erro pode ter acontecido Ministério da Economia, já que o órgão do Espírito Santo não tem a categoria "presidente da República" para listá-la. A situação pode indicar possíveis falhas na análise do governo para a aprovação do benefício.
por Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja o primeiro a comentar, mas comente com responsabilidade e respeite a opinião alheia...

Post Bottom Ad