Bolsonaro apoia pressão de aliados para saída de Regina Duarte da Secretaria de Cultura - 2 de Julho Noticias - A notícia ao seu alcance // //]]> // //]]>

Últimas Noticias

Home Top Ad

Post Top Ad



29 abril 2020

Bolsonaro apoia pressão de aliados para saída de Regina Duarte da Secretaria de Cultura

O presidente criticou nesta terça distanciamento da atriz, mas negou demissão


Aliados do presidente Jair Bolsonaro, na última semana, começaram a pressionar a secretária de Cultura, Regina Duarte, com o objetivo de fazer com que ela peça demissão do cargo que ocupa atualmente antes mesmo de concluir dois meses na função.

De acordo com a Folha, a medida tem apoio do chefe do Executivo, que criticou na noite de ontem (28), na entrada do Palácio da Alvorada, o distanciamento de Regina, que está trabalhando remotamente, em sua casa de São Paulo. Ele disse ainda que a secretária tem dificuldade em conduzir a pasta.
“Infelizmente a Regina está trabalhando pela internet e eu quero que ela esteja mais próxima. Uma excelente pessoa, um bom quadro, mas é uma área que tem muita gente de esquerda, pregando ideologia de gênero, essas coisas todas que a sociedade não admite e ela tem dificuldade nesse sentido”, disse o presidente.
Bolsonaro, no entanto, negou estar considerando a exoneração de Regina. “Quem falou que ela sai? Você acredita na imprensa? Eu não acredito. Eu queria que ela estivesse em Brasília para conversar mais com ela, só isso. Mais nada. Eu sou também apaixonado pela namoradinha do Brasil.”

Post Bottom Ad