Ex-prefeita de Gongogi morre e outra pessoa fica ferida após carro cair em ribanceira na Bahia - 2 de Julho Noticias - A notícia ao seu alcance // //]]> // //]]>

Últimas Noticias

Home Top Ad

Post Top Ad



15 agosto 2019

Ex-prefeita de Gongogi morre e outra pessoa fica ferida após carro cair em ribanceira na Bahia


Acidente ocorreu na BR-101, em trecho da cidade de Itapebi, no sul do estado. Prefeitura decretou luto oficial de três dias.

A ex-prefeita da cidade de Gongogi, no sul da Bahia, Eloísia Fernandes de Sousa Macedo morreu e uma outra pessoa ficou ferida em um acidente de carro, na manhã desta sexta-feira (15), na BR-101, em trecho da cidade de Itapebi, na mesma região do estado.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro em que as vítimas estavam caiu em uma ribanceira após sair da pista. O acidente ocorreu por volta das 11h, perto da ponte do Rio Jequitinhonha. O motorista do veículo não teve ferimentos.

Segundo informações da PRF, estava chovendo bastante na região no momento em que as vítimas passavam no local, mas não se sabe ainda se a pista molhada pode ter sido a causa do acidente.

De acordo com a PRF, a pessoa ferida, que não teve a identidade divulgada, foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Eunápolis, no sul do estado. Não há detalhes sobre o estado de saúde dela.

Já o corpo da ex-prefeita foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Porto Seguro.

Em nota, a prefeitura de Gongogi lamentou o acidente, se solidarizou com a família de Eloísa Fernandes e decretou luto oficial de 3 dias pela morte da vítima, que era professora e também já tinha sido vereadora da cidade.

No comunicado, a prefeitura ressaltou a trajetória da vítima. "Mulher batalhadora, mãe de família, defensora das causas sociais, pois assim entrou para a política, onde foi vereadora por dois mandatos e vice-prefeita por um mandando. Ensinava no município e era querida no povoado de Nova Palma. Eloísia deixa uma grande lacuna em meio aos que ficam", diz a nota.

As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja o primeiro a comentar, mas comente com responsabilidade e respeite a opinião alheia...

Post Bottom Ad